CONSULTORA DE VIAGENS / Ana Paula +51-959148222

E-MAIL/ atendimento@perugrandtravel.com

Peru Grand Travel / Dicas de Viagem  / Onde estão localizadas as ruínas de Machu Picchu
Localização de Machu Picchu

Onde estão localizadas as ruínas de Machu Picchu

A cidade perdida dos incas ou cidade sagrada de Machu Picchu é um local de grande beleza em meio a uma floresta tropical de altitude. Foi provavelmente a obra arquitetônica mais formidável do império inca em seu apogeu. Além, disso é o local mais turístico do Peru e está rodeado de templos, terraços e canais de água construídos na parte mais alta da montanha. Sua construção foi realizada com grandes blocos de pedra unidos ente si e atualmente é considerado patrimônio cultural da humanidade ao ser reconhecido como um importante centro político, religioso e administrativo da época inca.

Mas, você sabe onde está localizada a cidadela de Machu Picchu?

Localização:

A cidadela inca encontra-se dentro do distrito de Machu Picchu, na província de Urubamba, região de Cusco, Peru, a uma altura de 2438 msnm. Sua temperatura varia entre 12ºC a 24ºC, aproximadamente. Entre suas faldas corre o rio Vilcanota e à sua esquerda encontra-se o cânion de Urubamba, ambos na vertente oriental dos Andes Centrais.

Alguns historiadores dizem que Machu Picchu havia sido a residência de descanso do imperador Inca Pachacúteq entre 1438 e 1470. Há os que também acreditam que se trata de um santuário religioso uma vez que suas construções e a via que permite o acesso ao povoado possuem caráter cerimonial.

Veja também: Dicas e recomendações para pernoitar em Águas Calientes

Para se chegar à cidade inca pode-se optar por diferentes rotas como:

  • Via Trilha Inca.
  • Via estrada de ferro até Águas Calientes e dali um carro ou caminhar até chegar a montanha onde está situada a cidadela.
  • Via Caminhadas Alternativas (Salkantay, Inca Jungle, etc.)

Deseja conhecer um pouco mais sobre a cidade sagrada de Machu Picchu? Não perca o que passamos a seguir.

História e Arquitetura

Para construir a cidadela de Machu Picchu foram utilizados materiais das zonas próximas, uma vez que sua construção foi resultado de um incrível planejamento arquitetônico da época.

Conta-se que foi o imperador inca Pachacúteq que ordenou sua construção no século XV. Está dividida em dois grandes setores: o agrícola que compreende uma vasta rede de terraços artificiais e plataformas e o urbano, formado por diversas construções e praças entre as quais destacam-se o Templo do Sol, Templo das Três Janelas, o Templo Principal e o Templo do Condor. Suas construções seguem o estilo clássico inca: edificações com muros de pedra polida em forma retangular, unidas entre si sem o uso de amálgamas, com portas e janelas trapezoidais.

Dados importantes:

  • Declarada Patrimônio Cultural e Natural da Humanidade pela UNESCO, é considerado um centro religioso, político e administrativo da época inca
  • Machu Picchu era conectado com todo o império inca por meio da Qhapac Ñan, conhecida rota dos caminhos incas.
  • As temperaturas oscilam entre 6,2ºC e 29,5ºC uma vez que está situado em zona subtropical
  • Sua magnífica arquitetura compreende cerca de 170 estruturas em toda a cidadela.
  • A cidadela está localizada a 2459msnm
  • As montanhas de Huayna e Machu Picchu são ideais para tirar fotografias panorâmicas de todo o complexo arquitetônico.
  • Foi descoberta por Hiram Bingham quando procurava a última capital inca “Vilcabamba”.
  • Machu Picchu foi declarado “Santuário Histórico do Peru” em 1981.

Por que Machu Picchu é tão importante?

Sua importância deve-se a estas ruínas pertencerem ao Sistema Nacional de Áreas Naturais Protegidas pelo Estado (SINANPE). Além de possuir vários sítios arqueológicos incas e muitas espécies em perigo de extinção, como o urso-de-óculos, o “sacha cuy”, uma espécie de porquinho-da-índia, entre outros

A flora silvestre desta zona é outro ponto que faz deste lugar maravilhoso e mágico. Aqui podemos encontrar espécies como o “apu tocto”, um lírio silvestre de um vermelho intenso, “wak’ anki”, uma orquídea cujas três pétalas caem de maneira similar a uma lágrima. Machu Picchu é Patrimônio da Humanidade e considerado uma das Sete Maravilhas do Mundo pela UNESCO desde 1983. É por esta razão que este conjunto arqueológico, cultural e ecológico é conhecido como Santuário Histórico de Machu Picchu.

Veja também: 5 formas de chegar a Machu Picchu

Como está dividido Machu Picchu?

O conjunto arqueológico de Machu Picchu engloba aproximadamente 20 hectares e se divide em dois grandes setores bem diferenciados que se levantam sobre uma divisão natural:

  • O Setor Agrícola: estas edificações compreendem uma vasta rede de plataformas ou terraços artificiais amplos que se destacam como grandes escadas construídas em uma colina. Uma sucessão de plataformas de diferentes tipos e dimensões que cumpriam duas funções principais: cultivo e contenção de erosão produzidas por chuvas no setor agrícola, chamadas de “collpas”.
  • Setor Urbano: este setor é dividido em 3 grandes zonas onde foram encontrados locais de rituais (templos, monumentos e câmaras funerárias), a zona civil (com habitações, diversos recintos, etc) e o bairro sagrado, formado por diversas construções e praças onde se destacam o Templo do Sol, de forma semi-circular, o Intiwatana ou Relógio Solar, o Templo das Três Janelas e o Templo do Condor. Também se encontra uma impressionante peça monolítica com uma base de 7m e altura de 3m, conhecida como a Rocha Sagrada.