Dicas essenciais para fazer a Trilha Salkantay

A Trilha Salkantay é um antigo caminho alternativo ao Caminho Inca. Sua rota se descortina em lindas paisagens de diversidade ecológica de flora e fauna. Uma excelente rota de trekking para os viajantes amantes da aventura. Esta excursão é um trajeto alternativo para se chegar à cidadela inca de Machu Picchu.

A excursão a Salkantay foi recentemente nomeada pela revista National Geographic Adventure Travel entre as melhores excursões do mundo.

Esta caminhada leva o nome do magnífico Nevado Salkantay, obra natural pertencente à Cordilheira de Vilcabamba, situado na província de La Convención, distrito de Santa Teresa, sendo uma das montanhas mais elevadas da região de Cusco.

Salkantay é considerado como um dos principais Apus no Peru, uma vez que, para a população, é um lugar sagrado acima dos vales, situado a uma altitude de 6271msnm.

Melhor época para visitar

Trilha Salkantay

A região de Cusco conta com dois tipos de climas definidos: a temporada chuvosa e a temporada seca, sendo esta a melhor época para fazer esta excursão, entre os meses de maio e outubro, uma vez que as chuvas cessam e o caminho está firme. No entanto esta rota pode ser realizada o ano todo, exceto em fevereiro, mês de muitas chuvas e deslizamentos.

O que o trekking oferece

  • A rota Salkantay traz lindas visualizações dos nevados Humantay e Salkantay, uma vez que o degelo destas duas montanhas cria formações lacustres, sendo a mais importante e visitada pelos viajantes a laguna de Humantay (atualmente é visitada por turistas do mundo todo para desfrutar de sua beleza e deixar oferendas a Pachamama, deidade que representa a mãe Terra na cultura inca).
  • Além dos nevados, durante o trajeto, você verá a flora e fauna na região de ceja de selva já que eles encontram-se rodeados de uma paisagem verde e quente que nos permite respirar um ar puro.
  • Maravilhe-se com os vestígios e construções que nossos antepassados nos deixaram como legado.
  • Desfrute de noites mágicas de céu estrelado, as quais o fará pensar e dizer que valeu a pena todo o esforço realizado.

Veja também: 10 dicas antes de fazer a Trilha Inca a Machu Picchu

O que levar

  • Antes de iniciar nossa excursão lembre-se da nossa companheira de viagem, a mochila (sugerimos a partir de 30l).
  • É sempre bom estarmos preparados para todos os tipos de mudanças climáticas e por isso é necessário levar uma casaco quente já que as noites durante a rota são frias e pode chover.
  • Tendo em mente a distância da caminhada durante o dia, é imprescindível levar uma muda de roupa extra, caso precise se trocar.
  • Em relação à proteção dos membros inferiores, é bom ter calças de caminhada removíveis, que podem ser usadas de mais de uma maneira: shorts durante o dia e calça à noite. Assim reduzimos o peso e espaço em nossa mochila.
  • O principal são os sapatos de trekking que precisam ter a capacidade de agarrar e se adaptar a terrenos acidentados e que sejam resistentes à água.
  • Leve acessórios que ajudem na caminhada como: cantil, luvas, bastões, lanterna e binóculos caso tenhamos o privilégio de observar a fauna silvestre.
  • Leve artigos de higiene pessoal
  • Para não ter problema com câmeras fotográficas, carregue baterias extras e cartão de memória adicional uma vez que há uma grande variedade de paisagens para se fotografar.
  • É imprescindível contar com seu passaporte original ou documento de identidade para se identificar em pontos de controle.
  • Leve artigos de saúde que sejam necessários, tais como medicamentos pessoais caso esteja em tratamento, repelente de insetos, protetor solar, álcool gel, lenços umedecidos e outros que pense ser conveniente.
  • É necessário levar dinheiro em espécie para gastos extras.

Dificuldade da caminhada

Trilha Salkantay

O grau de dificuldade para toda a caminhada depende muito da condição física de cada um, além de contar com a experiência de alguma rota similar e o estado de saúde em que se encontre.

Esta rota é considerada de muito esforço por muitos viajantes já que seu grau de dificuldade é Alto, sendo considerada um grande desafio para as pessoas que a realizam.

Preparação física

A preparação para a Trilha Salkantay começa levando-se em consideração a condição física de cada um e é por isso que especialistas consideram uma preparação física antecipada à excursão, tornando possível fortalecer os músculos, criar resistência e fazer com que seu coração bombeie sangue mais eficientemente para obter mais oxigênio para quando iniciar a caminhada a Salkantay.

Mal de altitude

Conhecido também como mal de montanha e soroche, é em si um mal estar físico ocasionado pela dificuldade de adaptação à baixa pressão atmosférica a qual gera dor de cabeça, náuseas, dificuldade de respirar por falta de oxigênio no sangue.

No geral este mal se apresenta em viajantes que vivem em países ou lugares que se encontram a uma altitude mais baixa ou em planícies.

Como evitar o mal de altitude

  • Recomenda-se descansar, comer algo leve e evitar bebidas alcoólicas um dia antes de sua chegada.
  • Para evitá-lo ou tornar mais suportável recomenda-se aclimatar-se nos primeiros dias de sua chegada, descansar ou não realizar esforços físicos.
  • É recomendável tomar chá de coca no dia de sua chegada, como um primeiro remédio natural.
  • Considere realizar inalações, realizar subidas paulatinamente, hidratar-se continuamente, não fumar, alimentar-se de comida de fácil digestão, abrigar-se muito bem e evitar tomar tranquilizantes.

Esta excursão o deixará sem fôlego por tudo o que oferece e pelo que espera de você ao realizá-la. A Peru Grand Travel, operadora autorizada desta rota de trekking, o convida a descobrir esta nova aventura.

Pacotes Trilha Salkantay

 

One Comment

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *