CONSULTORA DE VIAGENS / Luiza Hubener /

E-MAIL/ atendimento@perugrandtravel.com

Peru Grand Travel / Dicas de Viagem  / Atrações turísticas da Trilha Inca
Atrações turísticas da Trilha Inca

Atrações turísticas da Trilha Inca

A rede da Trilha Inca são caminhos ancestrais dentro do território do santuário histórico de Machu Picchu que compreende monumentos arqueológicos e cidades bem articuladas ao longo da rota. Baseada em um planejamento territorial que demonstra a melhor expressão da arquitetura e desenho tecnológicos inca. Estes caminhos estão protegidos pelo estado peruano permitindo que as características naturais e culturais permaneçam em um perfeito estado de conservação, assim como a flora, fauna, paisagens singulares e ecossistemas próprios da serra e ceja de selva peruana. Portanto, durante sua visita pela rota do caminho inca você deve ser cuidadoso com os efeitos negativos que pode gerar. A seguir mostraremos atrações turísticas que apreciará nas rotas da Trilha Inca Tradicional e Trilha Inca Curta.

Atrações turísticas

A Trilha Inca Tradicional

Começa no km82 (Piscacucho) e ao longo da rota pode-se distinguir paisagens inigualáveis em beleza, assim como complexos arqueológicos e ecossistemas únicos.

Desfrute da flora e fauna andinas ao longo da Trilha Inca

O Peru é um país muito diverso possuindo uma grande variedade de flora e fauna a nível mundial. Da mesma maneira na rota do caminho inca clássico pode-se apreciar inumeráveis espécies de plantas e animais. Como o famoso galo da serra (ave nacional do Peru). Até os dias de hoje foram registradas 427 espécies de aves que representam 23% da avifauna peruana, assim como também o urso-de-óculos, as viscachas e inúmeras espécies. Em relação à flora representativa no santuário histórico de Machu Picchu é possível apreciar ao longo de todo o caminho as orquídeas que até hoje foram identificadas num total de 423 espécies, especialmente desde o início da ceja de selva.

Conheça as atrações arqueológicas

  • Piscacucho (82 Km): 2.650 m.s.n.m. Pequeno povoado onde começa o caminho. É para este povoado que se dirigem todos os viajantes que farão esta aventura até o santuário histórico de Machu Picchu.
  • Llactapata: 2.738 m.s.n.m. É um povoado grande às margens do rio Urubamba rodeado por terraços de cultivos que o contornam e por maravilhosas paisagens.
  • Wayllabamba: 2.922 m.s.n.m (primeiro acampamento). É um ponto muito importante porque é a área de acampamento e descanso, após uma longa caminhada no primeiro dia. Um local onde não há acesso à tecnologia, energia elétrica, telefone e nenhuma distração que perturbe seu desfrute total da natureza e a conexão harmoniosa.
  • Warmiwañusca: 4.200 m.s.n.m. É um abra de paso, abertura entre as montanhas, com belas paisagens naturais que sem dúvida o deixarão perplexo com sua magnífica beleza.
  • Pacaymayu: 3.500 m.s.n.m (segundo acampamento). É um paso onde se inicia a caminhada de subida até o complexo arqueológico de Runcuracay, vestígio da civilização inca com construções semi-circulares detalhadamente sobrepostas.
  • Phuyupatamarca: 3.606 m.s.n.m. Como diz o nome, é uma cidade inca escondida entre as nuvens que abriga uma linda construção inca rodeada de terraços peculiares em uma localização imponente que o surpreenderá.
  • Wiñayhuayna: 2.619 m.s.n.m (terceiro acampamento). Este incrível sítio arqueológico inca está situado próximo a Intipunko, entrada para a cidadela inca, Machu Picchu. Suas construções estão localizadas em uma ladeira íngreme de onde se pode apreciar o rio Urubamba.
  • Intipata: 2.863 m.s.n.m. É um complexo arqueológico de andenerias próximo à montanha. Uma clara mostra de que a civilização inca buscou terreno agrícola nas zonas mais inacessíveis daquela época.
  • IntiPunku: 2.691 m.s.n.m. Esta é a entrada da grande cidadela inca, Machu Picchu. Este ponto é o mais importante por ser o local de observação de um belo nascer do sol. A vista é magnífica e indescritível. Os viajantes que realizam o caminho inca clássico de 4 dias poderão observar o amanhecer aqui enquanto que aqueles que fazem o caminho inca curto poderão apreciar um maravilhoso entardecer.
  • Machu Picchu: 2.400 m.s.n.m. A cidadela inca, Machu Picchu, claramente é a mais importante. O ponto final da travessia do caminho inca e será um tour dentro deste grandioso local que se manteve escondido por mais de um século na história do Peru.

Trilha Inca Curta

A travessia nesta rota começa no km 104 da ferrovia. Os monumentos arqueológicos pelos quais se atravessa durante o trajeto são:

Complexo arqueológico de Chachabamba

De onde se pode apreciar a impressionante beleza paisagística conjuntamente com o local arqueológico, religioso e militar que possui sua própria história misteriosa e indescritível.

Wiñayhuayna

Um sítio arqueológico que se encontra na parte mais íngreme da montanha, de onde se pode observar a ferrovia, a 10 min do povoado de Águas Calientes. Com uma incrível vista desde a parte baixa, do rio Urubamba. Parece uma cidade solitária e inacessível presa na vertente da montanha.

Intipunku

É o ponto de entrada da cidadela de Machu Picchu, de onde se pode observar um magnífico entardecer.

Resumindo, todos os monumentos arqueológicos, flora, fauna, paisagens, ecossistemas são singulares, exclusivos e característicos da serrania andina e ceja de selva localizadas no departamento de Cusco. Será uma fantástica aventura percorrer os caminhos ancestrais até a misteriosa cidadela inca. Deixe-se levar por esta curiosidade insaciável para conhecer Machu Picchu, a cidade única.

Sem Comentários

Deixe um comentário